quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Confiança...

 
 
 
 Se você está no ponto de cair da confiança
para a negação, tome alguns momentos
para refletir, conversando consigo mesmo.
Se o desânimo lhe bate à porta, em razão
de alguma dificuldade, recorde que a
dificuldade é sempre uma lição por
aproveitar, ao passo que o desânimo
nunca auxiliou a ninguém.
Se a irritação lhe cria aborrecimentos,
o azedume é simplesmente uma nuvem
entre você e a realidade.
Se você cometeu algum erro, isso
significa tempo de aprender e não de desistir.
Se outros falharam, eis chegado o instante
de mais confiança em Deus e em você mesmo.
Se injúrias apareceram, você encontrou
a ocasião de agir e servir mais,
conquistando a confiança dos outros.
Se temores lhe invadiram a mente
lembre-se de que sem comando seguro,
não há máquina que funcione.
Se a enfermidade lhe visita as forças,
estará você no grande momento
de praticar a sua fé sem desacreditá-la.
Confiança é a sua coragem de superar-se,
realizando o melhor ao seu alcance.
Se você está procurando a felicidade
pela prática do bem, não perca o
seu dia com dúvida e desalento,
porque confiando em Deus e em você mesmo,
basta seguir em frente com o seu trabalho e você a encontrará.

Autoria: Francisco Cândido Xavier

Nenhum comentário:

Postar um comentário