quinta-feira, 7 de novembro de 2013

As decisões...






''As decisões são sempre suas! E as dificuldades de tomá-las também! Mas é você quem deve estar no controle!

Nunca esqueça que o verdadeiro poder de tomar decisão é sempre seu. É um instrumento que você pode usar a qualquer momento. Inclusive você pode começar a mudar a sua existência neste exato momento!

Se não há ação, então você não decidiu nada! Não se engane mais, viu? Empenhe-se pra valer. Porque uma decisão tem que ser verdadeira.

Não demore a vida toda para fazer o que você sabe que precisa ser feito. Lembre-se que as pessoas mais bem sucedidas são aquelas que tomam decisões depressa! Tem gente que toma suas decisões devagar e mudam de idéia depressa, pulando de lá pra cá e daqui pra lá. Já que tem sempre que decidir, decida! Pare de embarrigar e empurrar pra depois o que você já sabe o que precisa! Já que tem que tomar injeção, tome logo!

Habitue-se a tomar decisões com frequência! Quanto mais decisões você tomar, melhores elas serão. É treinamento! Libere já o seu poder, tomando aquela decisão que você vem adiando, tá? Desbloqueie-se!

Mas aprenda sempre com a suas decisões. Faça sempre o que há de melhor para aquele momento! Aí está o segredo! Nunca mais você vai errar porque fez o que tinha de melhor naquela hora, certo?

E ao comprometer-se com as suas decisões, seja flexível, tá? Uma vez que decidiu, mãos à obra! E não permita que nada e ninguém determinem como você vai agir.

Chega de se sentir imobilizado, preso, atolado! Nunca mais queira ser rígido ou achando que não se muda quando está ganhando! A vida é dinâmica! Afinal, você já sabe muito bem que, a qualquer momento, uma simples decisão pode mudar todo o curso de sua vida. E para sempre!

"Prove a si próprio que você decidiu agora a ser feliz!"


Autoria: Luis Carlos Mazzini

O poder de transformar...





"... Se alguém for injusto com você, tenha uma atitude elevada e não se deixe ferir por ninguém. Assim como a rosa é capaz de permanecer sempre formosa e perfeita no meio dos espinhos, a melhor forma de transformar os espinhos da raiva é regá-los com a doçura do seu perdão e com um coração generoso. Ao praticar isso, o ambiente a sua volta permanecerá sempre limpo e puro, com uma atmosfera leve e perfumada..."

Autoria: Brahma Kumaris

Alguém precisa de você...





Há pessoas caladas que precisam de alguém para conversar.

Há pessoas tristes que precisam de alguém que as conforte.

Há pessoas tímidas que precisam de alguém que as ajude a vencer a timidez.

Há pessoas sozinhas que precisam de alguém para conversar.

Há pessoas com medo que precisam de alguém para lhes dar a mão.

Há pessoas fortes, mas que precisam de alguém que as faça pensar na melhor maneira de usar a sua força.

Há pessoas habilidosas que precisam que alguém as ajude a descobrir a melhor maneira de usar sua habilidade.

Há pessoas que julgam não saber fazer nada e que precisam de alguém que as ajude a descobrir o quanto podem fazer.

Há pessoas apressadas que precisam de alguém que lhes mostre tudo o que não têm tempo para ver.

Há pessoas impulsivas que precisam de alguém que as ajude a não magoar os outros.

Há pessoas que se sentem perdidas e precisam de alguém que lhes mostre o caminho.

Há pessoas que se julgam sem importância alguma e precisam de alguém que as ajude a descobrir como são valiosas.

Precisam de alguém, para dizer-lhes que Deus existe e quer tê-las perto Dele.

E você, que muitas vezes pensa não ter nenhuma utilidade, pode ser justamente a pessoa que alguém está precisando agora...

É claro que você não precisa, nem pode ser a solução para todos os problemas, mas faça o melhor ao seu alcance.

Se não puder ser uma árvore frondosa no topo da colina, seja um arbusto no vale - mas seja o melhor arbusto do vale.

Se não puder ser um arbusto, seja um ramo - mas seja o ramo mais exuberante a enfeitar a paisagem.

E se não puder ser um ramo, seja um pequeno tapete de relva para dar alegria a algum caminhante...

Se deseja ser um lindo ramalhete de flores perfumadas, e não consegue, seja uma singela flor silvestre - mas seja a mais bela.

E nesse esforço de ser útil a alguém que precisa de você, irá cada vez se tornando mais forte e mais confiante.

E todas as alegrias que espalhar pelo caminho serão as mesmas alegrias que encontrará na própria estrada.

Por mais difícil que esteja a situação, nunca deixe de lembrar que alguém precisa de você. E o mais importante: você pode ajudar alguém...

Você foi enviado para isso...

(A.D.)

O grande desafio...

 
 
 
"... Nem todo mundo está na mesma sintonia que você. E isso não é errado, é o jeito de cada um. Não adianta você querer fazer tudo ou querer que o outro queira o que você quer. Ninguém pode ser forçado a nada. Seja a ler um livro, concordar com uma ideia ou mudar. A gente muda quando (e se) quiser. Você não pode querer que as outras pessoas sintam como você, sejam como você, que as coisas tenham a mesma importância para os outros que têm para você. Esse é o grande desafio da vida..."

Autoria: Clarissa Corrêa

A felicidade...




Felicidade é um estado de espírito presente.

Não podemos ser felizes no passado, porque o passado é apenas uma lembrança, tampouco podemos ser felizes no futuro porque o futuro é apenas uma promessa.

A felicidade acontece num momento chamado AGORA.

Algumas pessoas dizem: “Não sou feliz, porque não tenho isso, ou aquilo...”

Felicidade não é possuir tudo o que você deseja, mas aprender a amar tudo o que você possui.

Ninguém além de você é responsável por sua felicidade. Outras pessoas podem colaborar, mas ninguém pode ser feliz por você. Busque amar o que você faz e fazer o que você ama.

Sinta sua importância e a dos outros no cenário da vida. Tenha atitude para tornar as coisas que estão ao seu alcance melhores do que elas eram antes da sua chegada.

“Viva completamente cada momento presente e o futuro tomará conta de si mesmo. Viva intensamente o maravilhoso, o belo de cada instante. Pratique a presença da paz. Quanto mais você fizer isso, mais sentirá a presença desse poder em sua vida.”

Busque ser feliz agora! Não fique preso a momentos felizes ou tristes do passado. E não deixe a felicidade para depois!

(A.D.)

Tempo de aprender...





“... Permita-se rir e conhecer outros corações. Aprenda a viver, aprenda a amar as pessoas com solidariedade, aprenda a fazer coisas boas, aprenda a ajudar os outros, aprenda a viver sua própria vida...”

Autoria: Mário Quintana

Coisas que eu sei...





"... Há algo em mim que não desaprende esse caminho. Que segue, quando, aparentemente, eu paro. Que continua a luzir, mesmo quando eu tropeço nas minhas sombras. Há algo em mim que me salva de mim. Que me leva pela mão para brincar. Para conhecer o que continua vivo e belo além de toda e qualquer gaiola. Além dos meus tempos de muda. Algo que me mostra uma paz intensa e verdadeira. Que não me deixa esquecer que continuo a ter asas, mesmo quando eu não voo..."

Autoria: Ana Jácomo

Tempo de travessia...





"... Existem períodos em minha vida que batizo de "tempo da travessia". É como se eu chegasse a beira de um rio de corredeira e tivesse que atravessá-lo em condições precárias.

Sem barco, sem ponte, sem a luz do dia, sem estrelas, sem luar, só eu , o rio e a imensa escuridão. É ali que o medo é mais forte, a insegurança, o frio, a dúvida,
a sensação de fracasso , tudo me assalta.

Me sinto acovardada e recuo sempre depois da passada: um passo e um recuo, outro passo, mais um recuo.

É assim que o medo me pega, ele sabe onde é meu ponto fraco. É nessa hora que a solidão toma seu espaço e eu não acho sequer uma lamparina para iluminar o caminho. Quando chega a noite, o silêncio é ensurdecedor e o tempo parece não passar.

Passei um longo período assim, com essa sensação, tolhida dos meus próprios desejos, tentando achar um caminho que fosse menos doloroso. Hoje vejo que isso tudo isso faz parte da minha travessia, e houveram muitos caminhos que precisei seguir a pé e sozinha, e esse foi o meu pedaço de sofrimento.

Desejei sim a cura imediata, pedi a Deus várias vezes que colocasse um ponto final o mais rápido possível, pois inúmeros momentos achei que não ia suportar tamanha prova, mas aprendi que tudo tem o seu tempo certo de plantar e de colher e o meu ainda não havia chegado.

Hoje percebo que esse tempo nunca chega. Aprendi que existe o tempo da estiagem e o da tempestade e que só temos que estar bem preparados para ultrapassar
os dois.

No tempo da estiagem, temos que ter humildade suficiente para acumular riquezas espirituais para o tempo da travessia, como por exemplo: combater o egoísmo, lutar contra a soberba, ter sabedoria suficiente para distinguir o bem do mal, e vigiar tudo todo o tempo.

Saber olhar no espelho sem máscaras e usar os olhos do coração, pois no tempo da travessia isso será o mais importante : manter o coração puro. Foi o que tentei fazer o tempo todo, não deixar que o meu coração adoecesse e se tornasse gélido, isso foi uma luta, mas eu sempre soube que isso me manteria viva.

Hoje sei que de tempos em tempos, terei que me preparar para a travessia, por isso estou mais forte e renovada. Quero ser feliz, isso que importa. Se é na travessia da tempestade, ou na estiagem, tenho certeza de que estarei feliz.

Sei que tenho um caminho vasto pela frente, e sei que a cada dia é um novo recomeço, um preparo espiritual, uma vigilância constante, um cuidar especial da sabedoria. Mas sei principalmente da coisa mais importante da qual só a travessia me ensinou:

 - Preciso cuidar bem do meu coração, porque é dele que saem as coisas ruins e as boas, e é assim que vou aprender cada passo desse meu caminho e tenho a certeza hoje que Deus me escolheu dentre muitos de seus filhos para que eu aprendesse mais rápido todas as lições da qual ele me destinou..."


Autoria: Eliane Fressinet