sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Bênçãos da vida...

 
 
"Se nos momentos de alegria a emoção já não toca o teu coração, atenta-te para que as dores de outrora, não te façam enrijecer a Alma ante as bençãos da vida, sois Luz que necessita de esperança, o sonho é o fortalecimento da Fé e a tua vontade é ferramenta no prosseguir..."

Autoria: Elvis Kubo

Uma gota de água...

 
 
 
Uma palavra de esperança a alguém que está à beira do abismo. Um sorriso gentil a quem perdeu o sentido da vida. Uma pequena gentileza diante de quem está preso nas armadilhas da ira. O silêncio, frente à ignorância disfarçada de ciência... A tolerância com quem perdeu o equilíbrio. Um olhar de ternura para quem pena na amargura. Pode-se dizer que tudo isso são apenas gotas d`água que se perdem no imenso oceano, mas são essas pequenas gotas que fazem a diferença para quem as recebe.

Sem as atitudes, aparentemente insignificantes, que dentro da nossa pequenez conseguimos realizar, a humanidade seria triste e a vida perderia o sentido. Um abraço afetuoso, nos momentos em que a dor nos visita a alma... Um olhar compassivo, quando nos extraviamos do caminho reto... Um incentivo sincero de alguém que deseja nos ver feliz, quando pensamos que o fracasso seria inevitável...

Todas essas são atitudes que embelezam a vida. E, se um dia alguém lhe disser que esses pequenos gestos são como gotas d`água no oceano, responda, como madre Tereza de Calcutá, que sem essa gota o oceano de amor seria menor. E tenha certeza disso, pois as coisas grandiosas são compostas de minúsculas partículas.

Sem a sua quota de honestidade, o oceano da nobreza seria menor. Sem as gotas de sua sinceridade, o mar das virtudes seria menor. Sem o seu contributo de caridade, o universo do amor fraternal seria consideravelmente menor.

Pense nisso!

E jamais acredite naqueles que desconhecem a importância de um pequeno tijolo na construção de um edifício. Lembre-se da minúscula gota d`água, que delicadamente se equilibra na ponta do raminho, só para tornar a natureza mais bela e mais romântica, à espera de alguém que a possa contemplar. E, por fim, jamais esqueça que são essas mesmas pequenas e frágeis gotas d`água que, com insistência e perseverança conseguem esculpir a mais sólida rocha.

Autoria: Redação do Momento Espírita

Guia-me luz benigna...




Guia-me, luz benigna, no meio das trevas que me cercam!...
Ilumina as veredas que meus pés palmilham...
Não te peço que me rasgues vastos horizontes,
soberbos panoramas, dilatadas perspectivas...
Suplico-te apenas, ó luz benigna, que ilumine o modesto espaço 
que cada passo tem mister...
Basta-me um passo, um passo apenas, porque tu sabes onde ponho o pé...
Guia-me, seguro, por escarpas e alcantis...
Guia-me, quando alegrias me exaltam e sofrimentos me deprimem...
Guia-me quando amigos me louvam e inimigos me vituperam, 
para que eu não julgue melhor nem pior do que sou a teus olhos...
Guia-me, luz benigna, para que nenhuma injustiça me faça injusto...
Que nenhuma ingratidão me faça ingrato...
Que nenhuma amargura me faça amargo...
Que nenhuma maldade me faça mau...
Que eu queira antes sofrer todas as injustiças do que cometer uma só...
Guia-me, luz benigna, e mostra-me que todas as coisas, 
mesmo as mais pequeninas, são grandes, quando feitas com grandeza de alma...
Guia-me rumo à humilde grandeza de servir, 
longe da soberba mesquinhez de querer ser servido...
Guia-me cada vez mais longe de mim, cada vez mais perto de ti...
Bem perto de ti...Ó luz benigna!...

Autoria:  Huberto Rohden

Refletindo...

 
 
Se o amor do próximo constitui o princípio da caridade, amar os inimigos é a mais sublime aplicação desse princípio, porquanto a posse de tal virtude representa uma das maiores vitórias alcançadas contra o egoísmo e o orgulho. Entretanto, há geralmente equívoco no tocante ao sentido da palavra amar, neste passo. Não pretendeu Jesus, assim falando, que cada um de nós tenha para com o seu inimigo a ternura que dispensa a um irmão ou amigo. A ternura pressupõe confiança; ora, ninguém pode depositar confiança numa pessoa, sabendo que esta lhe quer mal; ninguém pode ter para com ela expansões de amizade, sabendo-a capaz de abusar dessa atitude. Entre pessoas que desconfiam umas das outras, não pode haver essas manifestações de simpatia que existem entre as que comungam nas mesmas idéias. Enfim, ninguém pode sentir, em estar com um inimigo, prazer igual ao que sente na companhia de um amigo.

A diversidade na maneira de sentir, nessas duas circunstâncias diferentes, resulta mesmo de uma lei física: a da assimilação e da repulsão dos fluidos. O pensamento malévolo determina uma corrente fluídica que impressiona penosamente. O pensamento benévolo nos envolve num agradável eflúvio. Daí a diferença das sensações que se experimenta à aproximação de um amigo ou de um inimigo. Amar os inimigos não pode, pois, significar que não se deva estabelecer diferença alguma entre eles e os amigos. Se este preceito parece de difícil prática, impossível mesmo, é apenas por entender-se falsamente que ele manda se dê no coração, assim ao amigo, como ao inimigo, o mesmo lugar. Uma vez que a pobreza da linguagem humana obriga a que nos sirvamos do mesmo termo para exprimir matizes diversos de um sentimento, à razão cabe estabelecer as diferenças, conforme aos casos.

Amar os inimigos não é, portanto, ter-lhes uma afeição que não está na natureza, visto que o contacto de um inimigo nos faz bater o coração de modo muito diverso do seu bater, ao contacto de um amigo. Amar os Inimigos é não lhes guardar ódio, nem rancor, nem desejos de vingança; é perdoar-lhes, sem pensamento oculto e sem condições, o mal que nos causem; é não opor nenhum obstáculo a reconciliação com eles; é desejar-lhes o bem e não o mal; é experimentar júbilo, em vez de pesar, com o bem que lhes advenha; é socorrê-los, em se apresentando ocasião; é abster-se, quer por palavras, quer por atos, de tudo o que os possa prejudicar; é, finalmente, retribuir-lhes sempre o mal com o bem, sem a intenção de os humilhar. Quem assim procede preenche as condições do mandamento: Amai os vossos inimigos.

Amar os inimigos é, para o incrédulo, um contra-senso. Aquele para quem a vida presente é tudo, vê no seu inimigo um ser nocivo, que lhe perturba o repouso e do qual unicamente a morte. pensa ele, o pode livrar. Daí, o desejo de vingar-se. Nenhum interesse tem em perdoar, senão para satisfazer o seu orgulho perante o mundo. Em certos casos, perdoar-lhe parece mesmo uma fraqueza indigna de si. Se não se vingar, nem por isso deixará de conservar rancor e secreto desejo de mal para o outro.

Para o crente e, sobretudo, para o espírita, muito diversa é a maneira de ver, porque suas vistas se lançam sobre o passado e sobre o futuro, entre os quais a vida atual não passa de um simples ponto. Sabe ele que, pela mesma destinação da Terra, deve esperar topar aí com homens maus e perversos; que as maldades com que se defronta fazem parte das provas que lhe cumpre suportar e o elevado ponto de vista em que se coloca lhe torna menos amargas as vicissitudes, quer advenham dos homens, quer das coisas. Se não se queixa das provas, tampouco deve queixar-se dos que lhe servem de instrumento. Se, em vez de se queixar, agradece a Deus o experimentá-lo, deve também agradecer a mão que lhe dá ensejo de demonstrar a sua paciência e a sua resignação. Esta idéia o dispõe naturalmente ao perdão. Sente, além disso, que quanto mais generoso for. tanto mais se engrandece aos seus próprios olhos e se põe fora do alcance dos dardos do seu inimigo.

O homem que no mundo ocupa elevada posição não se julga ofendido com os insultos daquele a quem considera seu inferior. O mesmo se dá com o que, no mundo moral, se eleva acima da humanidade material. Este compreende que o ódio e o rancor o aviltariam e rebaixariam. Ora, para ser superior ao seu adversário, preciso é que tenha a alma maior, mais nobre, mais generosa do que a desse último.
(A.D.)

Plena Paz Divina...



No futuro, quando o homem gravar na própria alma os parágrafos luminosos da Divina Lei, o companheiro não repreenderá o companheiro, o irmão não denunciará outro irmão. O cárcere cerrará suas portas, os tribunais quedarão em silêncio. Canhões serão convertidos em arados, homens de armas volverão à sementeira do solo. O ódio será expulso do mundo, as baionetas repousarão, as máquinas não vomitarão chamas para o incêndio e para a morte, mas cuidarão pacificamente do progresso planetário. A justiça será ultrapassada pelo amor. Os filhos da fé não somente serão justos, mas bons, profundamente bons. A prece constituir-se-á de alegria e louvor e as casas de oração estarão consagradas ao trabalho sublime da fraternidade suprema. A pregação da Lei viverá nos atos e pensamentos de todos, porque o Cordeiro de Deus terá transformado o coração de cada homem em tabernáculo de luz eterna, em que o seu Reino Divino resplandecerá para sempre.

Autoria: Emanuel

O buscador em tempos difíceis...

 
 
 
Fé e gratidão caminham juntas. São forças dentro de você que lembram que você é um escolhido, inseparável de Deus. Fé e gratidão são sentimentos de certeza absoluta mesmo diante da inexistência de qualquer prova física, de qualquer sinal, de qualquer milagre. E se você acredita, quem poderá lhe deter?

A lei da atração é a arte de puxar para si o que há de melhor no espaço em que Deus está operando; este caminho vai queimando os vícios mentais e unificando a luz dentro de si. O único problema é que você se acostuma com o que é bom e o ruim possui um gosto mais amargo para o buscador do que para uma pessoa comum. Isso acontece porque o buscador também está cansado, ele tem caminhado muito, talvez desde que veio para este planeta e, obstinadamente seguindo em frente, sem buscar pelos sinais, ou respostas que possam lhe dar segurança.

Quanto mais luz você atrai, mais a luz vai exigir de si mesmo! Como isso? Se eu estou na luz, devo estar sendo beneficiado por ela e não exigido!

Não estamos vivendo um tempo fácil, estamos vivendo na faixa de Gaza em termos espirituais — o planeta está se preparando para uma grande separação, onde o joio terá que ser separado do trigo em termos vibráteis. Qualquer vacilo é sentido como um açoite em seu espírito, porque não há mais espaço para o meio termo. Este tempo vai exigir do buscador uma posição clara e precisa sem espaço para a expressão “meia boca”. Se a luz exige mais, é sinal que ela quer de você pureza de sinais vibráteis, do contrário você não passará para o outro reino de realização!

Para quem decidiu caminhar pela sombra, não há diferença entre ser açoitado todos os dias ou não. Para aquele que decidiu caminhar pela luz qualquer deslize é sentido. A luz lhe puxará de volta como uma mãe que diz: “Viu só, eu avisei que você iria se machucar aí, vem pra cá!”

“O buscador se sentirá muito sozinho, porém essa solidão será completamente preenchida pelo espírito. Você saberá que nunca esteve tão bem acompanhado diante de toda a separação. Sem amigos com quem compartilhar as mesmas sensações, sem parentes, sem companhia, o buscador só poderá compartilhar este momento tão singular com Deus. O espírito lhe chamará para ser profeta de si mesmo e a luz lhe guiará para um lugar onde ninguém mais é necessário.”

Sombra é contato com a mente. Sombra é estar no mundo. Sombra significa que ainda há resquícios de julgamentos. Enquanto a mente está se metendo na vida alheia, julgando, reclamando... O espírito está centrado na luz, saindo do mundo, entrando em gratidão, louvor e adoração — realizando-se na excelência de Deus. De novo, de que lado você vai ficar? Se você está ouvindo o chamado, perceberá para onde deve ir. Se você não ouve chamado algum, continue caminhando... Um passo de cada vez…Use de disciplina, invista na unidade através das afirmações e orações. Qualquer dia o clarinete toca retumbante em seus ouvidos e você não terá dúvida — haverá uma lanterna em seus pés. É o espírito iluminando a sombra!

Autoria: Universo em Você

Jesus: Então, estando dois no campo, será levado um, e deixado o outro;
estando duas moendo no moinho, será levada uma, e deixada outra.

(Mateus 24:40-41)

Em busca da iluminação...



Todos os que buscam a Iluminação num mestre, é somente porque estão muito esquecidos. Os que buscam a perfeição e resolução para todos os seus problemas e angústias num mestre estão completamente amnésicos, espiritualmente. Os que transformam os seus mestres em ídolos, esquecem-se que todos os ídolos têm pés de barro. São, portanto, ilusões quebradiças, fracos substitutos da Verdade.

Quantos de nós andamos desorientados, desatentos, como seres sem memória de Quem Somos?... A tradição literal da palavra " mestre" é professor: Um professor orienta mas orienta cada qual a descobrir o seu próprio caminho. Um professor não faz o Caminho, ele apenas indica direcções. A escolha é sempre nossa!

Um professor transmite conhecimentos e se, somente se, estiver impregnado de Amor, transmitirá também sabedoria. E sabedoria é algo que só se transmite a quem realmente quiser recebê-la. Portanto, está tudo no aprender e muito pouco no ensinar. Está Tudo em Nós!

Todo aquele que procura soluções no exterior, mesmo que o exterior seja, naquele momento da busca um mestre extremamente sábio, sairá da sua demanda tal como entrou... Com a mesma intenção desatenta de "falta de", de carência, de incapacidade. Vazio...

Todo aquele que se esqueceu que o Mestre está no seu interior, está condenado a procurar para sempre aquilo que, na verdade, já possui.

Mas todo aquele para quem toda a Vida, todos os amigos, todos os desconhecidos, todas as suas próprias incertezas, dores e alegrias... Todas as perguntas e todas as respostas... Todas as situações e todas as memórias forem sentidos como Mestres... Esse sim, recordar-se há de Quem, na verdade, sempre Foi, É e Será... E esse sim, conhecerá a Paz.

Autoria: Rute Vasconcellos

Somos sol...




Viver é rico demais, mas, não é raro,
a gente esquece  o acesso à própria fortuna.
As nuvens, mesmo as mais densas, são transitórias.
Nós, essencialmente, somos sol.

Autoria: Ana Jácomo

Distribuindo amor...

 
 
 
Alguém me diz todo dia: ame muito para ser amado. Distribua palavras de conforto e sorriso de compreensão. Faça alguma coisa em favor do próximo. É tão bom receber carinho… Deus está permanentemente contigo, mantenha em sua mente o desejo de ser feliz. A felicidade é coletiva. Uma bela montanha é formada por milhões de maravilhosos grãozinhos de areia. A vida é um intercâmbio, recebemos sempre aquilo que damos. O mal não merece comentários, as leis de Deus são totalmente justas. Jamais engane alguém para não ser enganado. Não mate, evite o aborto, ninguém quer ser morto. Antes de criticar se informe, pesquise. As pessoas que fazem o mal estão doentes e não conhecem a lei do amor. Procure ter paciência, a maldade é transitória. Não seja covarde, não pense em abandonar a vida porque está com problemas. Tudo passa. Amanhã um novo sol nascerá de novo. Não desanime jamais. A derrota e a vitória depende de nós. Não viva às cegas. Leia muito, aproveite o tempo. Não se exalte, não se irrite, não se envergonhe de ser humilde. Não há força que derrube a humildade e a mansidão. Quando erramos queremos que os outros nos desculpem, então, procure ser tolerante. Seja grato e acenda sua luz interior. Onde você estiver, escute a música que alimenta sua alma. Onde você passar, olhe a maravilhosa beleza que te cerca. Como você estiver, sinta os vários tipos de energia colaborando com sua existência. Quando você puder, avalie o quanto você recebe do ar, da água, do sol, da terra. Quando você lembrar, agradeça a Deus o presente da VIDA.

Autoria:  Nando Cordel

Uma sensação...




''Conta pra mim de onde a gente se conhece. De onde vem a sensação de que sempre esteve aqui, quando eu sei que não estava. Conta por que nada do que diz sobre você me parece novidade, como se eu estivesse lá, nos lugares que relembra, quando eu sei que não estive. Conta onde nasce essa familiaridade toda com os seus olhos. Onde nasce a facilidade para ouvir a música de cada um dos seus sorrisos. Onde nasce essa compreensão das coisas que revela quando cala. Conta de onde vem a intuição da sua existência tanto tempo antes de nos encontrarmos..."

Autoria: Ana Jácomo

Corpo e alma...




"... Há duas espécies de afeições; a do corpo e a da alma e, frequentemente se toma uma pela outra . A afeição da alma, quando é pura e simpática, é durável; a do corpo é perecível. Eis porque frequentemente, aqueles que crêem se amar, com um amor eterno, se odeiam quando a ilusão termina..."

Autoria: Allan Kardec

A partir de hoje é assim...

 
 
"Não tiro ninguém da minha vida, apenas reorganizo as posições e inverto as prioridades. Insistir naquilo que já não existe, é como calçar um sapato que não te cabe mais! Machuca, causa bolhas, chega a carne viva e sangra. Então melhor é ficar descalça. Deixar livre o coração, enquanto vive… Deixar livre os pés, enquanto cresce… Porque quando a gente cresce o número muda..."

(A.D.)

A música...




“A música é celeste, de natureza divina e de tal beleza
que encanta a alma e eleva acima da sua condição.”

Autoria: Aristóteles

Vim lhe desejar um dia lindo...

 
 
 
Eu só vim lhe desejar um dia lindo. Com flores pelos caminhos que você percorrer. Com gente feliz ao seu redor. Com chuvas de sorrisos e de olhares que vem da alma. Não importa se grandes notícias não virão hoje. Que também não venham as más. Que seu dia seja de paz. Que você esteja em paz. E que você olhe os problemas de cima, e as pessoas que você convive, com olho no olho. Que as palavras do dia sejam ‘leveza’, ‘doçura’, ‘calmaria’, ‘tranquilidade’. E que suas próximas horas sejam carregadas de pensamentos positivos e muita paz no coração. Só vim te desejar um ótimo dia. Colorido e florido. Amém.

Autoria: Caio Fernando Abreu

Dona moça, me faz um favor?



Não supervalorize os maldosos que te atravessarem o caminho.
Não dê importância demais a quem perde horas do seu dia 
tentando borrar seu sorriso.
Pise forte na maldade. Sem tropeçar, sem fraquejar.
Junte todas as pessoas que te querem bem, 
te mandam boas vibrações e te enchem de paz, 
e esmague as más vibrações com o peso delas.
Não aceite críticas de quem não conhece suas lutas diárias.
Não tolere julgamentos de quem não consegue 
ficar em paz diante do seu brilho.
E brilhe cada vez mais forte, até cegar a energia ruim dessa gente 
que tenta ser feliz por vingança, enquanto você planta paz e esperança 
e colhe alegrias por merecimento.
Envie luz pra quem te calunia e deseja mal.
Deseje fé em si mesmo, pra quem não consegue acreditar 
na felicidade que tanto diz estar vivendo.
Espalhe suas levezas e doçuras, desate os nós que o passado deixou e flutue.
Se algumas pessoas te desejarem o mal, deseje a elas amor.
E felicidade o suficiente pra que vivam as suas vidas e esqueçam 
de uma vez por todas da sua.
Esquece essa gente pequena, dona moça.
Não é todo mundo que guarda no peito, um baú feito o seu, 
cheio de inspiração, flores, cores e delicadezas.
Tem gente que transforma o que passou, em mágoa.
Feliz é você, dona moça, que pega o que restou do passado 
e transforma em poesia.

Autoria: Karla Tabalipa

Pra mim, o amor é semente...



Todos os dias quando acordo, me encho desse sentimento que me nutre, 
aquece os meus dias e colore minha alma com essencias de flores.
Rego, cuido, para que forme raízes cada vez mais fortes e intensas.
Porque pra mim, amor é semente, e se bem cuidada, germina depressa.
Porque amor, precisa de mimos, de cuidado, afeto, atenção, 
colo, abraços, beijos apaixonados e olhares cúmplices.
Precisa de cafunés, e suspiros longos e leves.
Ele precisa existir todos os dias, dentro [e fora] de nós.
Precisa ser dito, escrito, gritado, falado, para todo mundo ouvir.
Porque quando ele transborda, nao há quem consiga 
conter-se na hora de falar dele.
O amor, senhores, precisa de mãos dadas…

Autoria: Paulinha Leite

Esticar o tempo de abraço...



E da próxima vez que a gente se encontrar, vou pedir pro relógio do mundo dar uma descansadinha, só pra esticar esse tempo de abraço que faz graça no meu peito.

Autoria: Vanessa Leonardi

Toque-me...




Toque-me onde sou luz
E desconheço o fim.
Abismos e precipícios
Profundos em mim.
Flores brotando em alegria
Profusa e graciosa
Em meu jardim.

Toque-me onde o real
Cria a poesia, onde
O desejo é melodia
E a vida é atrevimento.
Sentido e sentimento
Em tuas mãos.
Toque, toque uma vez mais
O meu coração.

Autoria: Karla Bardanza

Conhecimento e sabedoria...




Quando as almas buscam conhecimento e sabedoria no Mundo, umas encontram, outras não. Tudo depende daquilo que procuram e acreditam. Também é certo que não podemos falar aos cegos das lindas cores do arco-íris que se formam no céu acima das suas cabeças, nem falar aos surdos das maravilhosas sinfonias naturais como o trinar dos pássaros, dos riachos e cascatas, do ribombar das águas do mar, ou das folhas das árvores quando a brisa do vento as faz 'tilintar'... Na verdade Jesus dizia que "muitos têm olhos mas não vêm, têm ouvidos mas não ouvem" e tem coração mas não sentem... Bem-aventurados os que buscam e encontram a verdade das coisas eternas e sabem Ser e estar neste mundo de coisas efêmeras...

Autoria: Rui Palmela

Vim lhe trazer flores!

 
 
 
No bouquet cada flor terá um significado.
Elas vão expressar o que eu sinto por você!
Camélia branca pela sua beleza perfeita!
Camélia rosada pela sua grandeza de alma!
Violeta pela sua lealdade, modéstia e simplicidade!
Crisântemo branco pela sua verdade e sinceridade!
Dália rosada pela sua delicadeza e sutileza.
Jasmim pela sua beleza delicada cheia de graça e amor...
Magnólia pelo seu amor a natureza e simpatia!
Orquídea pela sua perfeição e pureza espiritual...
Papoula pelos seus lindos sonhos...
Rosa branca pelo seu amor a Deus e pureza!
Rosa amarela pela doçura e carinho...
Muitas Tulipas e rosas vermelhas pela paixão!
Para te fazer uma linda declaração de amor...

Autoria: Ernane Rezende

Quem sou eu?



Quero que eu, tu e o mundo sejamos felizes! Sou alguém que, definitivamente, não me escondo. Sou avessa a tantas coisas, e proponho-me sempre que tudo seja mais simples, verdadeiro e sincero... Já me encontrei, desencontrei e reencontrei tantas vezes com as atitudes das pessoas e foi o amor, que me fez acreditar sempre que vale a pena vencer e lutar, jamais deixarei de acreditar nesta força impulsionadora... Fui alguém que pulou com a filha em cima da cama, que fez mil palhaçadas para a ver feliz e sorrir, sem me importar com etiquetas e clichés, não acredito nas felicidades baratas que a televisão oferece. Quero ver mais filhos e pais pularem em cima da cama, quero olhar em todos os olhos e enxergar mais além do que posso ver, para lá do visível... Quero mais almas irmãs, mais respeito, mais silêncios, mais felicidade e esperança, quero mais mentes voltadas para o alto e que carreguem nos olhos todo o pó das estrelas e que essa luz se infiltre por cada poro e permaneça a brilhar, enquanto apaga uma a uma todas as dores... quero mais entrelinhas para que possas continuar a escrever os espaços em branco sem lhe perderes o sentido, e mesmo que o mudes, que ele seja feito de brilho com brilho... Quero continuar a sonhar, uma história de paz em que todos nos juntamos e caminhamos em prados verdes e a paz e a serenidade impregnam o ar com gemidos inexprimíveis de um contentamento inexplicável, sentido segundo a segundo em cada poro o amor inflamar e no coração descompassado, derramar e na alma mergulhar. Quero envelhecer com a certeza de continuar a voar o mais alto possível, viajar o mais longe possível dentro de mim mesmo e dentro do mundo também. Quero gritar ao mundo um amor incondicional colorir a vida de cada um de arco-íris, e entupir-me de tudo o que for verdadeiro, puro e sublime. Quero o gosto do gostar de antigamente, quero a inocência dos povos sem civilização, alheios ao consumismo... quero viver de uma forma sem igual e fora do normal. Quero derramar a minha essência e que ela seja acolhida numa taça onde o amor ferva e misture a minha com a tua. Estou tão cansada das faltas, das ausências, das desculpas, do comodismo, da falta de compromisso, de promessas, de elogios feitos de hipocrisia, dos vazios daqueles que nos dizem amar, das poses, couraças, dos rótulos, do faz de conta, do deixa andar, do amanhã eu faço, depois visito-te, de egoísmos. Estou cansada de ser usada, quero apenas servir e ser servida, somos servos e conservos... Quero algo que me surpreenda, como uma coisa inesquecível que me bloqueie a mente e me apague todas as flechas e me acaricie todas as dores e com sentido me diga estou aqui contigo... Olho para cima e sei que só Tu me ouves, tudo o resto está por acontecer, só precisamos querer e fazer acontecer... Quero que me perfures as entranhas e fales de tudo o que estiver aí pendurado guardado arrumado e engavetado, e com jeitinho escutes os gemidos e coloques um perfume de rosas sacudas a poeira e deixes o teu brilho ofuscar-me dia e noite, noite e dia... Quero ser mais que um corpo, mais que um sorriso, mais que um enfeite, quero mais que um presente caro, mais que palavras bonitas escritas e esquecidas no teu vocabulário. Quero alguém que descomplique o complicado, que acredite nas soluções e não se inflame de ansiedade porque quero paz! Quero ouvir alguém no meio de uma tempestade sorrir e sentir que tudo já passou sem ter passado... mas que acredita que vai passar... Porque Ele sempre está aí aqui e acolá!!! Quero tudo isto porque desejo que tu e eu sejamos felizes... Abraço o mundo neste querer profundo...

Autoria: Alice Barros

Herdeiro de Deus...

 
 
 
Considerando-se a tua ascendência divina, já te destes conta de que és herdeiro de Deus? Ele criou o Universo e a vida, enriqueceu a Sua Obra de sabedoria e beleza, colocando-te, por amor, como parte integrante dessas maravilhas e facultando-te fruí-las todas.

Por direito natural possuis tudo que é d'Ele, bastando somente que desenvolvas os dons em ti latentes, a fim de que possas desfrutar de toda essa opulência e grandeza. Amado por Deus, és também herdeiro das idéias sublimes, que te proporcionam conquistar espaços, penetrar o mecanismo da vida e decifrar os enigmas desafiadores que te aguardam.

O teu dever é fazeres-te receptivo ao pensamento divino em tudo e em todos presente, de modo a captá-lo e pô-lo em ação à medida que o conquistes. Dispões de todos os bens e poderes, que estão ao teu alcance. Todavia, são importantes, senão imprescindíveis para lográ-los, a confiança e a fé, bem como o esforço para desdobrares as capacidades adormecidas em ti, mediante as quais saberás usar esses tesouros com edificação e integridade.

Tudo que te falte, não é valioso, porquanto o essencial à vida é a sabedoria para conduzi-la, a fim de conseguires, não apenas coisas, senão lograres a plenitude e a abundância que o teu direito de herdeiro põe à tua disposição. Se permaneces na infância espiritual não podes usufruir, por não saberes utilizar, de todos os bens; todavia, se adquires a maioridade, irás utilizando-te e felicitando-te com todos os tesouros da Criação, como filho de Deus, portanto, Seu herdeiro ditoso.

Autoria: Joanna de Ângelis

Os níveis do ser humano...




Há alguns anos, um buscador aproximou-se de um Mestre da Arte Real (um verdadeiro Místico) e perguntou-lhe:
- Mestre, gostaria muito de saber por que razão os seres humanos guerreiam-se e por que não conseguem entender-se, por mais que apregoem estar buscando a Paz e o entendimento, por mais que apregoem o Amor e por mais que afirmem abominar o Ódio?
- Essa é uma pergunta muito séria. Gerações e gerações a têm feito e não conseguiram uma resposta satisfatória, por não se darem conta de que tudo é uma questão de nível evolutivo. A grande maioria da Humanidade do planeta Terra está vivendo atualmente no nível 1. Muitos outros, no nível 2 e alguns outros no nível 3. Essa é a grande maioria. Alguns poucos já conseguiram atingir o nível 4, pouquíssimos o nível 5, raríssimos o nível 6 e somente de mil em mil anos aparece algum que atingiu o nível 7.
- Mas, Mestre, que níveis são esses?
- Não adiantaria nada explicá-los, pois além de não entender, também, logo em seguida, você os esqueceria e esqueceria também a explicação. Assim, prefiro levá-lo numa viagem mental, para realizar uma série de experimentos e aí, então, tenho certeza, você vivenciará e saberá exatamente o que são esses níveis, cada um deles, nos seus mínimos detalhes.
Colocou, então, as pontas de dois dedos na testa do consulente e, imediatamente, ambos estavam em um outro local, em outra dimensão do Espaço e do Tempo. O local era uma espécie de bosque, e um homem se aproximava deles.
Ao chegar mais perto, disse-lhe o Mestre:
- Dê-lhe um tapa no rosto.
- Mas por quê? Ele não me fez nada…
- Faz parte do experimento. Dê-lhe um tapa, não muito forte, mas dê-lhe um tapa!
E o homem aproximou-se mais do Mestre e do consulente. Este, então, chegou até o homem, pediu-lhe que parasse e, sem nenhum aviso, deu-lhe um tapa que estalou.
Imediatamente, como se fosse feito de mola, o desconhecido revidou com uma saraivada de socos e o consulente foi ao chão, por causa do inesperado do ataque. Instantaneamente, como num passe de mágica, o Mestre e o consulente já estavam em outro lugar, muito semelhante ao primeiro e outro homem se aproximava. O Mestre, então comentou:
- Agora, você já sabe como reage um homem do nível 1. Não pensa. Age mecanicamente. Revida sem pensar. Aprendeu a agir dessa maneira e esse aprendizado é tudo para ele, é o que norteia sua vida, é sua “muleta”.
Agora, você testará da mesma maneira, o nosso companheiro que vem aí, do nível 2. Quando o homem se aproximou, o consulente pediu que parasse e lhe deu um tapa. O homem ficou assustado, olhou para o consulente, mediu-o de cima a baixo e, sem dizer nada, revidou com um tapa, um pouco mais forte. Instantaneamente, já estavam em outro lugar muito semelhante ao primeiro.
- Agora, você já sabe como reage um homem do nível 2: pensa um pouco, analisa superficialmente a situação, verifica se está à altura do adversário e aí, então, revida.
Se ele julgar-se mais fraco, não revidará imediatamente, pois irá revidar à traição. Ainda é carregado pelo mesmo tipo de “muleta” usada pelo homem do nível 1. Só que analisa um pouco mais as coisas e fatos da vida. Entendeu?
Repita o mesmo com esse aí que vem chegando, o nível 3. A cena repetiu-se. Ao receber o tapa, o homem parou, olhou para o consulente e assim falou:
- O que é isso, moço? Mereço uma explicação, não acha? Se não me explicar direitinho por que razão me bateu, vai levar uma surra! Estou falando sério!
- Eu e o Mestre estamos realizando uma série de experimentos e este experimento consta exatamente em fazer o que fiz, ou seja, bater nas pessoas para ver como reagem. E querem ver como reajo?
- Sim. Exatamente isso – e perguntou o buscador – como você vai reagir? Vai revidar? Ou vai nos ensinar uma outra maneira de conseguir aprender o que desejamos?
- Já nem sei se continuo discutindo com vocês, pois acho que estou perdendo meu tempo. São dois malucos e tenho coisas mais importantes para fazer do que ficar conversando com dois malucos. Que outro, em algum outro lugar, revide por mim. Não vou nem perder meu tempo com vocês, pois não merecem meu esforço. São uns perfeitos idiotas. E ainda querem me convencer de que estão buscando conhecimento. Picaretas! Isso é o que vocês são! Uns picaretas! Uns charlatões!
Imediatamente, aquela cena apagou-se e já se encontravam em outro luar, muito semelhante a todos os outros. Então, o Mestre comentou:
- Agora, você já sabe como age o homem do nível 3: gosta de analisar a situação, discutir os pormenores, criticar tudo, mas não apresenta nenhuma solução ou alternativa, pois ainda usa as mesmas “muletas” que os outros dois anteriores também usavam.
Prefere deixar tudo pra lá, pois não tem tempo para se aborrecer com a ação, que prefere deixar para os outros.
É um erudito e teórico que fala muito, mas que age muito pouco e não apresenta nenhuma solução para nenhum problema, a não ser a mais óbvia e assim mesmo, olhe lá. É um medíocre enfatuado, cheio de erudição, que se julga o “Dono da Verdade”, que se acha muito “entendido” e que reclama de tudo e só sabe criticar.
É o mais perigoso de todos, pois costuma deter cargos de comando, por ser, geralmente, portador de algum diploma universitário em nível de bacharel (mais uma outra “muleta”) e se pavoneia por isso. Possui instrução e muita erudição.
Já consegue ter um pouquinho mais de percepção das coisas, mas é somente isso.
Vamos, agora, saber como reage um homem do nível 4. Faça o mesmo com esse que aí vem.
E a cena repetiu-se. O caminhante olhou para o buscador e perguntou:
- Por que você fez isso? Eu fiz alguma coisa errada? Ofendi você de alguma maneira? Enfim, gostaria de saber por que motivo você me bateu. Posso saber?
- Não é nada pessoal. Eu e o Mestre estamos realizando um experimento para aprender qual será a reação das pessoas diante de uma agressão imotivada.
- Pelo visto, já realizaram este experimento com outras pessoas. Já devem ter aprendido muito a respeito de como reagem os seres humanos, não é mesmo?
- É… Estamos aprendendo um bocado. Qual será sua reação? O que pensa de nosso experimento? Tem alguma sugestão melhor?
- Hoje, vocês me ensinaram uma nova lição e estou muito satisfeito com isso e só tenho a agradecer por me haverem escolhido para participar deste seu experimento. Apenas acho que vocês estão correndo o risco de encontrar alguém que não consiga entender o que estão fazendo e revidar à agressão. Mas também se não corrermos algum risco na vida, nada jamais poderá ser conseguido, em termos de evolução.
O Mestre assim comentou:
- O homem do nível 4 já está bem distanciado e se desligando gradativamente dos afazeres mundanos. Já sabe que existem outros níveis mais baixos e outros mais elevados, e está buscando apenas aprender mais e mais para evoluir, para tornar-se um sábio.
Não é, em absoluto, um erudito (embora até mesmo possa possuir algum diploma universitário) e já compreende bem a natureza humana para fazer julgamentos sensatos e lógicos. Por outro lado, possui uma curiosidade muito grande e uma insaciável sede de conhecimentos. E isso acontece porque abandonou suas “muletas” há muito pouco tempo, talvez há um mês ou dois.
Mas vamos continuar com o nosso aprendizado. Repita o mesmo com este homem que aí vem, e vamos ver como reage um homem do nível 5. O tapa estalou.
- Filho meu… Eu bem o mereci por não haver logo percebido que estavas necessitando de ajuda. Em que te posso ser útil?
- Não entendi… Afinal, dei-lhe um tapa. Não vai reagir?
- Na verdade, cada agressão é um pedido de ajuda. Em que te posso ajudar, filho meu?
- Estamos dando tapas nas pessoas que passam, para conhecermos suas reações. Não é nada pessoal…
- Então, é nisso que te posso ajudar? Ajudar-te-ei com muita satisfação pedindo-te perdão por não haver logo percebido que desejas aprender. É meritória tua ação, pois o saber é a coisa mais importante que um ser humano pode adquirir. Somente por meio do saber é que o homem se eleva. E se estás querendo aprender, só tenho elogios a te oferecer.
Logo aprenderás a lição mais importante que é a de ajudar desinteressadamente as pessoas, assim como estou a fazer com vocês, neste momento.
Instantaneamente, a cena se desfez e logo se viram em outro caminho, um pouco mais agradável do que os demais, e o Mestre assim se expressou:
- Quando um homem atinge o nível 5, começa a entender que a Humanidade, em geral, digamos, o homem comum, é como uma espécie de adolescente que ainda não conseguiu sequer se encontrar e, por esse motivo, como todo e qualquer bom adolescente, é muito inseguro e, devido a essa insegurança, não sabe como pedir ajuda e agride a todos para chamar atenção e pedir, então, de maneira velada e indireta, a ajuda de que necessita.
O homem do nível 5 possui a sincera vontade de ajudar e de auxiliar a todos desinteressadamente, sem visar vantagens pessoais.
Agora, dê um tapa nesse homem que aí vem.
E o buscador iniciou o ritual. Pediu ao homem que parasse e lançou a mão ao seu rosto. Jamais entendera como o outro, com um movimento quase instantâneo, desviou-se e a sua mão atingiu apenas o vazio.
- Meu filho querido! Por que você queria ferir-se a si mesmo? Ainda não aprendeu que agredindo os outros você estará agredindo a si mesmo? Você ainda não conseguiu entender que a Humanidade é um organismo único e que cada um de nós é apenas uma pequena célula desse imenso organismo?
Seria você capaz de provocar, deliberadamente, em seu corpo, um ferimento que vai doer muito e cuja cicatrização orgânica e psíquica vai demorar e causará muito sofrimento inútil?
Instantaneamente, tudo se desfez e se viram em outro ambiente, ainda mais lindo e repousante do que este último em que estiveram. Então o Mestre falou:
- Este é um dos níveis mais elevados a que pode chegar o ser humano em sua senda evolutiva, ainda na Matéria, no Planeta Terra. Um homem que conseguiu entender o que é o Amor, já é um Homem Sublime, Inefável e quase Inatingível pelas infelicidades humanas, pois já descobriu o Começo da Verdade, mas ainda não a conhece em toda sua Plenitude, o que só acontecerá quando atingir o nível 7. Logo você descobrirá isso.
Dê um tapa nesse homem que aí vem chegando. Vamos ver como reage o homem do nível 7.
E o buscador pediu ao homem que parasse. Quando seus olhares se cruzaram, uma espécie de choque elétrico percorreu-lhe todo o corpo e uma sensação mesclada de amor, compaixão, amizade desinteressada, compreensão, de profundo conhecimento de tudo que se relaciona à vida e um enorme sentimento de extrema segurança encheram-lhe todo o seu ser.
- Bata nele! – ordenou o Mestre.
- Não posso, Mestre, não posso.
- Bata nele! Faça um grande esforço, mas terá que bater nele! Nosso aprendizado só estará completo se você bater nele! Faça um grande esforço e bata! Vamos! Agora!
- Não, Mestre. Sua simples presença já é suficiente para que eu consiga compreender a futilidade de lhe dar um tapa. Prefiro dar um tapa em mim mesmo. Nele, porém, jamais!
- Bate-me – disse o Homem com muita firmeza e suavidade – pois só assim aprenderás tua lição e saberás finalmente, porque ainda existem guerras na Humanidade.
- Não posso… Não posso… Não tem o menor sentido fazer isso…- Então – tornou o Homem – já aprendeste tua lição. Quem, dentre todos em quem bateste, a ensinou para ti? Reflete um pouco e me responde.
- Acho que foram os três primeiros, do nível 1 ao nível 3. Os outros apenas a ilustraram e a complementaram. Agora, compreendo o quão atrasados eles estão e o quanto ainda terão que caminhar na senda evolutiva para entender esse fato. Sinto por eles uma compaixão muito profunda. Estão de “muletas” e não sabem disso. E o pior de tudo é que não conseguem perceber que é até muito simples e muito fácil abandoná-las e que, no preciso instante em que as abandonarem, começarão a progredir. Era essa a lição que eu deveria aprender?
- Sim, filho meu. Essa é apenas uma das muitas facetas do Verdadeiro Aprendizado. Ainda terás muito que aprender, mas já aprendeste a primeira e a maior de todas as lições. Existe a Ignorância! – volveu o Homem com suavidade e convicção
- Mas ainda existem outras coisas mais que deves ter aprendido. O que foi?
- Aprendi, também, que é meu dever ensiná-los para que entendam que a vida está muito além daquilo que eles julgam ser muito importante – as suas “muletas” – e também sua busca inútil e desenfreada por sexo, status social, riquezas e poder.
- A Humanidade ainda é uma criança, mal acabou de nascer, mal acabou de aprender que pode caminhar por conta própria, sem engatinhar, sem precisar usar “muletas”. O grande erro é que nós queremos fazer tudo às pressas e medir tudo pela duração de nossas vidas individuais. O importante é que compreendamos que o tempo deve ser contado em termos cósmicos, universais. Se assim o fizermos, começaremos, então, a entender que o Universo é um organismo imenso, ainda relativamente novo e que também está fazendo seu aprendizado por intermédio de nós seres vivos conscientes e inteligentes que habitamos planetas disseminados por todo o Espaço Cósmico.
Nossa vida individual só terá importância, mesmo, se conseguirmos entender e vivenciar este conhecimento, esta grande Verdade: “somos todos uma imensa equipe energética atuando nos mais diversos níveis energéticos daquilo que é conhecido como Vida e Universo, que, no final das contas, é tudo a mesma coisa”.
- Mas sendo assim, para eu aprender tudo de que necessito para poder ensinar aos meus irmãos, precisarei de muito mais que uma vida. Ser-me-ão concedidas mais outras vidas, além desta que agora estou vivendo?
- Mas ainda não conseguiste vislumbrar que só existe uma única Vida e tu já a estás vivendo há milhões e milhões de anos e ainda a viverás por mais outros tantos milhões, nos mais diversos níveis? Tu já foste energia pura, átomo, molécula, vírus, bactéria, enfim, todos os seres que já apareceram na escala biológica. E tu ainda és tudo isso. Compreende, filho meu, nada se cria, nada se perde, tudo se transforma.
- Mas mesmo assim, então, não terei tempo, neste momento atual de minha manifestação no Universo, de aprender tudo o que é necessário ensinar aos meus irmãos que ainda se encontram nos níveis 1, 2 e 3.
- E quem o terá jamais, algum dia? Mas isso não tem a menor importância, pois tu já estás a ensinar o que aprendeste, nesta breve jornada mental. Já aprendeste que existem 7 níveis evolutivos possíveis aos seres humanos, aqui, agora, neste Planeta Terra.
O Autor deste conto conseguiu transmiti-lo, há alguns milênios, através da Tradição Oral, durante muitas e muitas gerações.
Compreendes, agora, que não será necessário mais do que uma única vida como um ser humano, neste Planeta Terra, para que aprendas tudo e que possas transmitir esse conhecimento a todos os seres humanos, nos próximos milênios vindouros?
É só uma questão de tempo, não concordas, filho meu?
Tu e todos os demais que estão transmitindo esse conhecimento já cumpriram as suas partes.
Que os outros, os que dele estão tomando conhecimento, cumpram as suas. Para isso são livres e possuem o discernimento e o livre-arbítrio suficientes para fazer suas escolhas e nada tens com isso.
Entendeste, filho meu?

Autoria:  J.Truffi

Palavras...

 
 
 
Quando nós falamos, estamos dando vida ao que estamos dizendo, plantando uma semente. Palavras são como sementes: possuem poder de criação. Nós somos o que somos hoje devido às palavras que dissemos no passado. Todas as nossas palavras se tornarão uma auto profecia no futuro. Preste atenção ao que você diz a respeito de si mesmo. Pensamentos negativos não precisam se tornar palavras negativas. No momento que você diz alguma coisa abertamente, um sentido totalmente diferente é adquirido, assim como uma energia totalmente diferente. Se você não gosta do que tem experimentado na vida, comece a mudar suas palavras.

Nós construímos nosso futuro através das palavras que dizemos no agora. Nossas palavras são sempre profecias que se auto cumprem. Não plante sementes negativas. Apenas profetize o que é bom e as boas intenções. Você tem o poder de anular os planos mais bem arquitetados do universo através de suas palavras negativas e suas contemplações negativas. Suas palavras são poder de vida ou de perda. Você obterá aquilo que anda a falar. Suas palavras darão vida exatamente ao que estiver dizendo. É melhor se calar a dizer algo negativo. Palavras negativas anulam os planos de Deus. Você estará prevendo seu futuro. Suas palavras podem ser usadas para estraçalhar ou para abençoar seu futuro.

Declare palavras de fé. Declare o suporte que Deus oferece à sua luz e ao seu coração. Mude a atmosfera de todos os lugares que você vai através de suas palavras. Clame por Deus, peça por luz, peça por amor e por ajuda divina. Mude seu mundo mudando as suas palavras. Sua língua tem o poder de transformar sua vida. Não fale sobre os problemas, fale sobre as soluções. Nós não somos os repórteres de nossas vidas e sim, aqueles que fazem as previsões. Nós devemos falar de um futuro desconhecido como se já fosse previsível, visível.

Clame por aquilo que você deseja, clame com palavras recheadas de fé, clame com luz! Você tem dado luz à vida ou à destruição? Circunstâncias são formadas através de cada palavra pronunciada. Suas palavras são profecias que se auto cumprem. Você é o criador de suas próprias circunstâncias. O que criado com suas próprias palavras também pode ser mudado. Quando agimos negativamente às mudanças repentinas e ao caos em nossas vidas, estamos atrasando o propósito da criação.

Se nós aceitarmos o caos como uma oportunidade para a elevação espiritual, a dor desaparece. Sozinhos, determinamos o ritmo de cada passo em períodos turbulentos. Existem incontáveis e potenciais futuros que existem ao mesmo tempo. Nosso próprio comportamento determina em qual universo adentramos. A profecia é poder enxergar o futuro em nossas ações no presente. Esteja atento às suas palavras. Elas abrirão as portas do amanhã.

Autoria:  Gillian Macbth-Louthan

Somos Guerreiros de Luz...

 
 
 
Em minha mão direita empunho a espada de luz do amor...
Em minha mão esquerda empunho meu escudo de luz que é minha hóstia...
Em meu plexo solar guardo a sabedoria elementar dos deuses divinos da Criação...
E em meu coração o PODER EU SOU...EU SUPERIOR do Ser, minha luz que provém da FONTE QUE TUDO É - DEUS Infinito em Bondade, Luz, Amor, Compaixão, Sabedoria, Unidade, Eternidade, Fraternidade, Igualdade, Evolução...

Assim Somos...Divinos Criadores...
Fonte de todos os Louvores...
Eternos em saber...
Eternos em amar...
Eternos em criar...
Eternos em compartilhar...
Somos puros e sábios...
Dignos de muita luz e criatividade...
De muita paz e bondade...

Transformações acontecem quando queremos...
Mutações sofremos quando nossa vontade se estende...
Podemos mover montanhas...
Caminhar sobre as águas...
Mudar o clima da terra...
Ver o que ninguém sente...
Sentir o que ninguém entende...
Saber o que muitos pedem...
Plantar e semear as sementes...
Fazer acontecer...essa é a chave da porta do Palácio de Cristal...das Portas do Céu...
Por onde passo sinto os córregos e rios chorarem por todo sofrimento que passamos....
Eles olham e choram e ao mesmo tempo derramam lágrimas de amor e compreensão...
Suas lágrimas nos protegem...
Lavam nossas almas...
Enxugam cada lágrima...
Expurgam cada carma...
Faz-me ver todas minhas vidas passadas...

As árvores e folhas...
Balançam num ritmo alucinante...
Num ritmo dançante...
Vejo em toda parte fragmentos de arte que nos trazem mundos a parte...
De Andrômeda a Marte...
E faço luz em compasso...
Me protejo como aço...
Somente a semente do cosmos...plantará a flor de cada átomo...
Éons, prótons e elétrons me torno passageiro no tempo e no espaço!!!!

Somos Todos Um!!

(A.D.)

O caminho do puro amor...

 
 
 
Muitos de nós erguemos os nossos corações aos céus e dizemos que aquele nosso irmão está perdido. Tolo é aquele que, muitas vezes, se julga o sábio, pois entre os tolos, muitas vezes, se ergue a voz e entre aqueles que se dizem senhores da razão perde-se a jornada da Luz.

O nosso coração é um dos instrumentos mais fortes do nosso mundo físico mas entorpe o nosso juízo. Tolo aquele que julga que o seu coração é dono de si. Lembrai-vos que o coração é forte quando forte é o ser que o carrega. Não deixemos que as energias rosas nos levem para o caminho da tentação. Controlemos dentro de cada um de nós o que mais desejamos ter e não temos, controlemos o nosso ser, controlemos o nosso tédio, controlemos a nossa zanga, não tenhamos piedade, tenhamos humildade, não tenhamos discórdia, tenhamos misericórdia. Não tenhamos apenas a compaixão, tenhamos o Amor piedoso. Este é o caminho da Luz. O Pai não se esquece de nenhum de nós, independentemente daquilo que dissermos, tolo aquele que ainda não acredita que o maior poder o É.

A Paz, o Amor e a Luz, são apenas o primeiro passo para a sintonia suprema. o Amor reside dentro de cada um de nós. Nunhum está esquecido, nenhum não foi lembrado. Cada um de nós recebeu o convite do Amor. Ele está aqui dentro de cada um de nós. lembrem-se destas palavras quando o vosso coração voltar a dizer que está só. Devemos dizer: estamos juntos.

Que o Amor esteja sempre entre nós. O Amor é a mais bela das sintonias, o Amor é o acorde da música do universo. Tolo aquele que julga desnecessário o Amor. Deixemo-lo pois na sintonia perfeita da Paz e da Luz que o Amor completa o novo acorde da existência de todos nós. Segui pelo caminho do Amor puro não deixem que se corrompa o vosse ser, tentem sempre estar em sintonia de Luz.

Autoria: Pilar de Energia