domingo, 21 de agosto de 2011

Coisas do sentir...





É de uma beleza tão delicada o "infinito enquanto dure"...
Aquele da presença plena, da entrega confiante.
Encantamento consciente ao qual a gente dá autorização com carta branca.
São momentos de magia permitidos aos de coração puro.
Realidade fora do tempo. Coisas do sentir.
Ah, a contagem aqui é outra.
(...)

(A.D.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário