domingo, 28 de agosto de 2011

Grande mistério...





"Deus" não é uma unidade.

Há milhares de anos o homem vem tentando separar "Deus"
de tudo o que existe, fazendo com que ele seja
considerado uma unidade separada. Isto não é verdade.

"Deus" está em todas as coisas, nas pessoas (boas ou
más), nos objetos, nas plantas, nos animais (até nos
microorganismos), na Terra (nos minerais), no ar, na
água, nas estrelas, no espaço (aparentemente vazio),
enfim, em tudo o que é visível e o que não é visível.

Deus é uma totalidade que permeia todo o Universo, "Deus"
está em você, em mim e em tudo que existe, que existiu e
que existirá. Ele existe antes de tudo e depois de tudo,
ele é o começo, o meio e o fim. O título "Deus" é apenas
um nome para definir o que não podemos definir.

Nós, homens, queremos sempre explicar tudo, até "Deus",
colocando um nome nele, mas ele não pode ser explicado
nem definido só por uma pequena e limitada parte do Todo
ao qual pertencemos. Seu tamanho é infinito demais para
que nossa razão possa explicá-lo. Para mim ele é um
Mistério maravilhoso e assustador diante da minha
pequenez, não tem cor, não tem raça, não tem forma.

Desse Mistério que tentamos definir como "Deus", tudo
emana, tudo respira, tudo se transforma. Cada comunidade,
cada tribo, cada povo, tenta dar nome em vão a esse
Mistério, e cada qual achando que seu "Deus" é o
verdadeiro. Isso cria uma separação entre os homens,
fazendo com que a paz e a harmonia, infinita e
incessante, que flui desse Mistério seja bloqueada em
nossas mentes, causando uma ruptura no equilíbrio em
nossas vidas, pois desligados do Todo, nos achamos fora
do contexto do nosso Planeta e das outras formas de vida.

Então promovemos uma destruição da vida que o Mistério
nos deu, destruição esta que está atingindo o Planeta
todo, inclusive os próprios homens. Todas as outras
formas de vida também fazem parte do Mistério ao qual
pertencemos. Essa separação só existe em nossas mentes. O
Mistério continua permeando tudo infinitamente, o tempo
passará, os homens passarão, mas o Mistério sempre
existirá. "Deus" é a união de tudo que existe. Não se
pode "ver Deus" sem que o todo seja observado, mesmo
assim ele jamais poderá ser explicado, apenas sentido.

Vivemos um sonho (ou pesadelo) que nós mesmos criamos.

Precisamos acordar a tempo, para que nossos filhos também
possam partilhar desse Mistério junto com as outras
formas de vida, para que possamos honrar o Mistério que
nos criou do qual nós dependemos.

Desejo que a Paz e a Luz desse Mistério volte a habitar
no coração dos homens, para que nosso Planeta Mãe volte a
respirar aliviado, e paire tranqüilo no berço do
Mistério.

"Deus" é uma totalidade, Ele está em todas as coisas.

(A.D.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário