domingo, 6 de maio de 2012

Enquanto houver sonhos...




Permita que eu continue assim, acreditando no SONHO, sorrindo dos tropeços, aplaudindo cada dia que passa, abrindo todas as janelas para o sol do amanhã, ensurdecendo o mundo com as minhas verdades. Quem sabe eu chegue sorrindo e abrace o que sonhei. Quem sabe? Ainda há passos que não ousei dar e pontes que não consegui cruzar. Ainda há canteiros de flores com botões a desabrochar e muitas mudas novas para plantar . Enquanto houver o SONHO eu terei a ousadia de SONHAR.

Autoria: Cleide Canton

Nenhum comentário:

Postar um comentário