terça-feira, 29 de março de 2011

Experimente observar...


 

De nada adianta você ficar muito tempo pensativo diante de muito por fazer.
Comece a trabalhar agora mesmo e, o que era muito.
Em breve, irá se transformando em pouco.

Não se irrite se os outros riem perto de você.
Muitas vezes o gracejo é feliz e, se você o tivesse ouvido, 
certamente, também riria.

Não perca seu bom humor por qualquer coisa.
Nada lhe deve aborrecer sem um motivo justificado.

Não se entristeça por muito tempo.
Muitas vezes nós agastamos por coisas 
que amanhã nos parecerão de pouca monta.
se desiluda com os contratempos da Vida.

Nada é tão terrível como o receio de lutar.
Não se julgue o mais infeliz entre os outros.
Muita gente sofre em segredo, e talvez muito mais do que você.

Não se desespere pelo insucesso de hoje.
Lembre de que você já passou várias vezes por dificuldades semelhantes.

Procure nas pequenas coisas um motivo de estímulo.
Quase sempre o que julgamos um desastre fatal, 
não passa de mais um capítulo do Livro luminoso da Vida.

“As tormentas da vida não podem derrubar uma pessoa cujo espírito 
é aquecido pelo fogo do Espírito Santo.”

(A.D.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário