quinta-feira, 14 de junho de 2012

Bênção Celta...



Que no dia em que a vida estiver tão pesada a ponto de te fazer tropeçar, que o chão dance a teus pés, para te equilibrar. E quando teus olhos gelarem atrás de uma janela cinza, e de você se apoderar uma sensação de que tudo está perdido, que as cores do arco-íris despertem em você a esperança de dias melhores. Quando teus pensamento revoltos te deixarem a deriva no mar das desilusões, que esse mar se transforme em um lago sereno, onde o rastro da luz da Lua te conduza são e salvo as suas margens. Seja teu o alimento da Terra... Seja tua a claridade da Luz... Seja teu o fluir do Oceano... Seja tua a proteção dos antepassados. E assim, que uma suave brisa te envolva nestas palavras de amor, formando um manto invisível de proteção para toda a tua vida.

(A.D.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário