quarta-feira, 20 de junho de 2012

Amor divino...



"... É sempre animador estender o Amor Divino. Liberar a tentação de olhar para fora na busca da “fonte do amor” e em vez disso, estender o Amor interior é a chave para a felicidade duradoura. Pois o Amor é como uma nascente borbulhante que nunca acaba, e quanto mais estendemos o Amor, mais estamos cientes de que temos o Amor e somos Amor. O Amor não faz distinções e não discrimina, pois o Amor banha tudo gentilmente em sua Luz. É isto que faz do Amor uma dádiva para todos. O mundo foi feito como um substituto para o Amor Divino que irradia e brilha sem limitação, condição ou restrição... O Amor Divino é livre e é dado livremente. O Amor Divino não conhece fios ou apegos, pois ele flui tão poderosamente, tão silenciosamente, tão alegremente e tão livremente quanto um Grande Rio. Não podemos direcionar o Curso do Amor. Podemos nos entregar à Corrente do Amor Divino e ela nos carregará até que felizmente damos conta de que a Presença do Amor Divino, do Eu sou, é o nosso verdadeiro Ser em Deus. O Amor de Deus é Eterno e assim todo o resto que parece existir irá se desmanchar e desaparecer quando nos lembramos da Eterna Luz do Amor Divino. Bênçãos a você, Santa Criança de Deus!..."

Autoria: David Hoffmeister

Nenhum comentário:

Postar um comentário