sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Pra mim, o amor é semente...



Todos os dias quando acordo, me encho desse sentimento que me nutre, 
aquece os meus dias e colore minha alma com essencias de flores.
Rego, cuido, para que forme raízes cada vez mais fortes e intensas.
Porque pra mim, amor é semente, e se bem cuidada, germina depressa.
Porque amor, precisa de mimos, de cuidado, afeto, atenção, 
colo, abraços, beijos apaixonados e olhares cúmplices.
Precisa de cafunés, e suspiros longos e leves.
Ele precisa existir todos os dias, dentro [e fora] de nós.
Precisa ser dito, escrito, gritado, falado, para todo mundo ouvir.
Porque quando ele transborda, nao há quem consiga 
conter-se na hora de falar dele.
O amor, senhores, precisa de mãos dadas…

Autoria: Paulinha Leite

Nenhum comentário:

Postar um comentário