domingo, 1 de dezembro de 2013

Que...




"... Que os meus escritos tragam sabedoria e beleza aos corações
E o negrume das pessoas nunca afete a origem das minhas palavras.

Que eu me encante com a vida de cada momento
E possa curar o coração na Luz da Inocência.

Que os meus pensamentos sejam realmente meus
E as minhas mãos não sejam contaminadas pela falsidade.

Que os meus trabalhos sejam dignos e belos
E no meu olhar se espelhe o brilho da Imensidão.

Que eu tenha a consciência do Sagrado Presente
E não me deixe obscurecer nos dias cinzentos.

Que eu nunca desista de ser merecedora de um Grande Amor
E alimente o meu coração com a generosidade do Sol.

Que os meus passos sejam honrados e firmes
E as mágoas da vida sejam apenas lições de sabedoria.

Que eu nunca deixe de me encantar com a poesia e a música
E não tenha jamais medo de amar.

Que eu honre os meus ancestrais,
E atravesse a vida respeitando os meus semelhantes.

Que a chuva lave as minhas mágoas
E a atmosfera transparente renove o meu viver.

Que eu me saiba abrir para a vida
E a minha voz se cale definitivamente para os queixumes.

Que eu nunca traia o meu coração
E encontre força para perdoar aos outros e a mim mesma.

Que eu tenha a sabedoria para corrigir os meus erros
E nunca deixe a mentira e a hipocrisia habitarem o meu coração.

Que a espada da Vitória abra no meu coração uma Porta larga
E a Luz regeneradora se instale em cada átomo da minha existência.

Que a Força e a Impecabilidade da Águia se manifestem em mim
E a humildade dulcifique e humanize o meu Ser.

Que eu nunca me identifique com aquilo que humilha o meu espírito
E que nada me afaste do meu Templo de Luz e Amor em Deus
Em construção persistente…"
                                                                   

                                                                         Autoria: Ariam

Nenhum comentário:

Postar um comentário