sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Essência de amor...




Carinho, que delícia, dar e receber.
A carência é a distância de si próprio.
Não pense em receber e sim em dar-se.
Permitir que seu sorriso alegre
um jardim de poucas flores.
Permita seu amor, o carinho distribuído
é a semente plantada.
É o mesmo que receberá de todos.

O carinho é seu passaporte para o país
da harmonia e da gratidão.
Seu passaporte é seu documento, é sua identidade.

Sua identidade é sua essência de amor. 

(A.D.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário