sábado, 19 de março de 2011

Sou quem sou...

 
 
 
Sou aquele que se regenera pela dor!…
Sou no amor quem nunca morre,
Sou fonte de inspiração aos apaixonados,
Sou o coração que suplanta todas as dores.
Sou o canto que toca os corações abandonados,
Sou aprendiz de poeta!…
Súdito, sempre, de minha emoção…
Sou o grito dos perseguidos,
sou brisa aos cansados,
sou aquele que enxuga tuas lágrimas,
Sou condor sobre os céus vigilante,
sempre sobre o ataque dos malfeitos
Sou aquele que busca levar
para as montanhas mais altas a quem amo,
afim de lá ser protegido,
Sou o canto dos pássaros
que saúdam o nascer do dia
e anunciam a presença de meu Pai
Sou aquele que chora por amor,
por um amigo,
que se preocupa com a fome do desconhecido.
Sou vulcão, sou oceano, sou universo!…
Sou a lágrima derramada sobre cada guerra
Sou aquele que não aceita a fome do próximo
Sou aquele que tira a própria veste
e coloca no que sente frio.
Sou marco do sentimento mais belo, amizade!…
Sou o reflexo nos lagos
de alguém que neste plano terrestre
foi e é dirigido pelo amor.
Sou aquele que luta contra as ilusões,
contra a impunidade, contra o preconceito.
Sou e serei sempre lágrima dos injustiçados
Sou e serei eterno operário e servo do amor maior,
até o dia em que não veja mais
tanta injustiça social entre os povos.
Sou aquele que mesmo
quando Deus chamar
continuará em outra dimensão
a se preocupar com tudo
que sonhei ver edificado na terra.
Sou simplesmente
alguém que acredita no amor…

Autoria: Paulo Nunes Júnior

Nenhum comentário:

Postar um comentário