segunda-feira, 21 de março de 2011

Quem sou?

 
 
 
"Sou o silêncio no quarto escuro ao chegar a noite;
Sou aquele que bate à sua porta, e alguém pergunta quem era?
E você ainda em dúvida responde:_Ninguém!
Talvez eu seja aquele arrepio que sobe pela coluna
ou aquela sensação de estar sendo observado.
Posso ser quem responde seu pensamento,
ou quem apenas se cala perante perguntas.
Posso ser o chão onde cai sua lágrima,
ou a mão estendida quando se sente sozinha.
Não sou ninguém...mas estou aqui.
Onde moro?
Moro em um lugar onde não há tristeza nem lágrimas,
os homens apertam as mãos por amizade e não por negócio.
Moro nos telhados das casas, nas ruas sem saída...
Moro onde o amor nasce de cada sorriso...
Onde um bom dia faz florescer um olhar brilhante...
Onde um Adeus simplesmente não é dito nem ouvido.
Sei que talvez esse lugar não exista, mas eu sou de lá...
Meu nome?
Se você souber meu nome não me conhecerá;
se me conhecer não saberá meu nome;
e se me conhecer e souber meu nome não conhecerá a sí mesmo.
Sei que não sou ninguém...
E não tenho nome pra você lembrar. "

Autoria: Poetas Insanos

Nenhum comentário:

Postar um comentário