sábado, 19 de março de 2011

O amor ao próximo...



Muito já foi dito, muito já foi explicado nesse tempo em que juntos estudamos as lições que o Mestre determinou. A primeira delas, porém, o amor ao próximo, faz-se necessário colocar em prática, para que todas as outras possam ser efetuadas.

As coisas nem sempre são fáceis, todos vocês sabem disso. Porém, necessário se faz que procurem introjetar em seus corações que somente dessa maneira conseguirão chegar às paragens celestiais. Tomem consciência de que a partir do momento em que abrirem seus corações, aceitando a todos da maneira como são e não da maneira como gostariam que fossem, vocês também serão aceitos em seus corações. Já falamos que a aceitação do outro se dá na medida em que vocês se aceitam.

Amem-se, com defeitos e qualidades, pois que isso lhes faz únicos. Não desejo dizer com isso que persistam nos erros. Não é isso! Digo-lhes para que se conheçam acima de tudo e que assim, aceitem-se, tentando, é claro, sublimar seus sentimentos mais mesquinhos, transformando-os em amor, aonde quer que vejam isso acontecer. Seja em suas casas, no trabalho, em situações comezinhas ou não. Canalizem a impulsividade que os faz perder a paciência para erguer obras em nome Dele.

Em obras que façam brilhar nos olhos de todos, o Amor. Burilem-se a cada minuto e tenham a certeza de que só assim, com disciplina, conseguirão alguma coisa. A obra é eterna. Não acaba nunca. Porém , necessário se faz que a pedra fundamental seja erguida. Abram seus corações no caminho do conhecimento interno, da aceitação e do amor e assim, aceitando-se, amando-se e conhecendo-se, vocês serão capazes de fazer o mesmo com os outros, pois que eles, muitas das vezes, são apenas reflexos de sua luz espalhados para que, ao percebê-los, possam se ver como seres de luz que são. Não percam as oportunidades.

Amem-se, estudem, conheçam-se e observem a natureza, inserindo-se ao Todo, integrando-se cada vez mais à obra que o Criador nos destinou. Ergam Seu Reino na Terra, para que possamos alavancar a estrada do amor indiscriminado a toda criação. Comecem, pois. Estaremos juntos a cada etapa do caminho, mas é preciso que se empenhem, fazendo brilhar em seus corações o amor indistintamente.... 
“Se todos derem as mãos, abraçaremos o mundo...”

O Universo precisa de todo amor que possamos fazer vibrar em nossos corações.
Não se escondam desse trabalho magnânimo.

O amor e a sabedoria que dele virá, através dos atos que praticarem em seu nome no dia-a-dia, fará com que descubram em vocês as asas que procuram nos anjos...

Autoria: Max V. Klauss

Nenhum comentário:

Postar um comentário