quarta-feira, 16 de março de 2011

 
 
 
Não busqueis o absurdo de querer prender-vos definitivamente numa
matéria instável e caduca; a troca que a vida a submete, não permite
que sua imagem resista um instante. Desprezai a miragem das formas.
O que existe fica e sobrevive à renovação contínua dos meios, o que
verdadeiramente importa sois vós, vossa personalidade espiritual.
Não façais do mundo um fim, pois é apenas um meio.
Não invertais as posições e as funções.
Não vos transformeis de senhores em servos.
Caminhai. Lançai-vos à grande correnteza.
Sede insaciáveis, como Deus vos quer, trabalhando
substancialmente, criando no bem, na eternidade.


Autoria: Pietro Ubaldi

Nenhum comentário:

Postar um comentário