domingo, 20 de março de 2011

A escolha é sua...

 


Você pode
curtir ser quem você é, do jeito que você for,
ou viver infeliz por não ser quem você gostaria.

Você pode
assumir sua individualidade,
ou reprimir seus talentos e fantasias, tentando
ser o que os outros gostariam que você fosse.

Você pode
produzir-se e ir se divertir, brincar, cantar e dançar,
ou dizer em tom amargo que já passou da idade ou que essas coisas são 
fúteis sérias e bem situadas como você.

Você pode
olhar com ternura e respeito para si próprio
e para as outras pessoas,
ou com aquele olhar de censura, que poda, pune, fere e mata, sem nenhuma 
consideração para com os desejos, limites e dificuldades 
de cada um, inclusive os seus.

Você pode
amar e deixar-se amar de maneira incondicional,
ou ficar se lamentando pela a falta de gente à sua volta.

Você pode
ouvir o seu coração e viver aproximadamente
ou agir de acordo com o figurino da cabeça, tentando
analisar e explicar a vida antes de vivê-la.
 
Autoria: Cláudio Pacheco

Nenhum comentário:

Postar um comentário