sábado, 19 de março de 2011

Com quem se parecem os anjos?


 
 
 
Com aquela velhinha que devolveu sua carteira outro dia?
Com aquele motorista que disse que seus olhos iluminam
o mundo quando você sorri?
Com aquela criancinha que lhe mostrou a maravilha das coisas simples?
Com aquele homem pobre que lhe agradeceu a esmola
com o olhar mais grato possível?
Com aquele homem rico que lhe mostrou que tudo é possível
se você apenas acreditar?
Com aquele estranho que apareceu bem na hora em que você estava perdido?
Com aquele amigo que lhe tocou o coração quando
você pensava que não tinha amigos para ajudá-lo?
Com o sorriso de bom dia dado por algum desconhecido?
Os anjos aparecem em todos os tamanhos e formas,
todas as idades e tipos de peles.
 Alguns têm sardas, outros têm covinhas... Alguns têm rugas e outros não...
Eles aparecem disfarçados como amigos, inimigos, professores, estudantes e etc.
Às vezes usam chinelos, não mostram as asas. 
Outras vezes pedem para lavar e passar...
Eles são difíceis de achar quando seus olhos estão fechados.
Eles não deixam endereços e nada pedem em retorno.
Mas estão em toda parte quando você escolher vê-los.

(D.A.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário