sábado, 19 de março de 2011

Amor é um processo, um estado de ser...



- Onde houver consciência, há revolta contra a repetição mecânica.
Totalidade é a base da liberdade.
Simpatia não é amor.
Não se resolve problemas dentro da mente,
pois ela é o problema, que não se resolve com respostas,
por não ser um problema intelectual, mas existencial.
Em vez de pensar é melhor entrar no silêncio,
que é a porta a caminho da divindade.
Relacionamento não é amor e amor não
é relacionamento.
Este é pronto e fechado e o amor é fluir.
Relacionamento é estrutura; amor é não-estruturado.
Amor é um processo, um estado de ser.
As pessoas amorosas não precisam de relacionamentos.
O relacionamento torna-se necessário
quando o amor está ausente, ele o substitui.
É preciso muita coragem para permanecer aberto,
sem criar um relacionamento.
O amor acontece, nós não o fazemos acontecer:
só podemos nos tornar disponíveis.
O amor vem do nada, como um
solavanco e só é possível entre iguais.
Se escolhemos alguém que tem medo
de aprofundar é porque nós também temos.
Quando o amor se aprofunda, aumenta a liberdade.
Elevar-se no amor é um aprendizado, uma mudança,
uma maturidade. É algo espiritual.
Quem é sábio não impõe sua idéia a ninguém.
A vida é incerta, a insegurança é seu próprio espírito.
Só a morte é certa.
Nunca devemos perguntar
sobre problemas dos outros.

Autoria:Osho

Nenhum comentário:

Postar um comentário